Apesar de que a maioria da grávidas com mais de 40 anos têm gestações normais e bebês saudáveis, há um maior risco de complicações conforme a idade avança.
Uma das maiores preocupações para mães mais velhas é o risco de ter bebês com anormalidades cromossômicas. A mais comum é a Síndrome de Down, uma condição de retardamento mental e defeitos no coração ou outros órgãos.
Diabetes e hipertensão arterial são mais comuns em gestantes acima de 40 anos.
As chances de se ter gêmeos ou trigêmeos também aumentam, mesmo sem tratamento de infertilidade, e a probabilidade de um parto por cesariana é 40% maior do que em mulheres mais novas.
Eis algumas sugestões para minimizar os riscos de uma gestação tardia:
– controle problemas de saúde como diabetes ou hipertensão arterial;
– emagreça antes de engravidar se você estiver acima do peso. Mulheres que estão acima do peso quando engravidam são mais suscetíveis a problemas durante a gestação;
– consuma suplementos de ácido fólico antes de engravidar para prevenir defeitos no tubo neural. Consulte seu médico a esse respeito.

Apesar dos riscos de complicações serem maiores na gestação tardia, existe uma compensação. Como uma futura mãe mais velha, você será mais madura, realista e dedicada à idéia de ser mãe do que uma mulher de 20 anos de idade. Você estará também melhor preparada para as mudanças que sua vida sofrerá e para dar carinho e atenção ao seu bebê.

Compartilhar: