As frutas oleaginosas são excelentes fontes de antioxidantes, que reduzem a oxidação do colesterol ruim no sangue e previnem as doenças coronarianas.

Composição de lipídeos (gorduras) em 100g

Semente Gordura Total(g) SFA (g) MUFA (g) PUFA(g) PUFA/SFA UFA/SFA
Amêndoa 52 10 68 22 2,2 9,0
Noz 62 10 24 66 6,5 9,0

Onde:
SFA = ácidos graxos saturados
MUFA = ácidos graxos monoinsaturados
PUFA = ácidos graxos poliinsaturados
UFA = ácidos graxos insaturados (MUFA + PUFA)

Como pode-se observar, tanto as nozes quanto as amêndoas são ricas em gorduras insaturadas. As nozes possuem maior quantidade de gorduras poliinsaturadas com quantidade apreciável de ácidos graxos ômega 3, que possui efeito cardioprotetor, antiinflamatório e tem efeito benéfico na circulação e na diminuição do colesterol. As amêndoas são mais ricas em gordura monoinsaturada, que além de também ter efeito benéfico na circulação e no colesterol, contribui na redução dos radicais livres por seu potente efeito antioxidante. Dietas com maiores taxas de gorduras monoinsaturadas mostram-se mais protetoras à oxidação em estudos científicos, apesar da gordura poliinsaturada também ser rica em antioxidantes.
Os dois tipos de sementes são ainda ricos em vitamina E, que possui efeito antioxidante, principalmente na prevenção da oxidação das partículas de LDL (o colesterol ruim). São também ricas em ácido fólico (que auxilia na diminuição da homocisteína), e em um aminoácido chamado arginina, importante no vasorelaxamento e no controle da pressão arterial. Outros fitoquímicos com efeitos antioxidantes são encontrados nestas sementes, como flavonóides, compostos fenólicos, saponinas, esteróides de plantas, isoflavonas e taninos.

Composição de outros nutrientes em 100g

Semente Calorias (cal) Proteínas (g) Carboidratos (g) Lipídeos (g) Tocoferol (g) Fibra (g) Arginina (g) Ácido Fólico (mcg)
Amêndoa 589 21 21 53 24 11,8 2,5 58,7
Noz 656 14 18 62 17 4,8 2,1 66
Compartilhar: