Apesar de não fazer distinção entre os compartimentos de massa magra e massa gorda, o índice de massa corpórea (IMC) tem sido recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para avaliação do perfil antropométrico-nutricional de populações de adultos devido ao coeficiente de correlação encontrado com a massa adiposa. O índice é baseado em unidades métricas e é definido pelo peso do indivíduo dividido pelo quadrado de sua altura (P/A²), com o resultado expresso em quilogramas por metro quadrado (kg/m²). Ainda segundo a OMS, indivíduos adultos podem ser classificados como portadores de déficit de peso, eutrofia, excesso de peso (ou sobrepeso, ou pré-obesidade) ou obesidade. A Tabela abaixo ilustra a classificação do IMC:

Classificação do IMC

IMC (kg/m²)

Estado Nutricional

< 10,0 Desnutrição Grau V
De 10,0 a 12,9 Desnutrição Grau IV
De 13,0 a 15,9 Desnutrição Grau III
De 16,0 a 16,9 Desnutrição Grau II
De 17,0 a 18,4 Desnutrição Grau I
De 18,5 a 24,9 Normal
De 25,0 a 29,9 Pré-obesidade*
De 30,0 a 34,9 Obesidade Grau I
De 35,0 a 39,9 Obesidade Grau II
> 40,0 Obesidade Grau III

 

Fonte: WHO, 1995

Legenda: * Pré-obesidade = sobrepeso ou excesso de peso

Compartilhar: