O chá é a bebida mais consumida no mundo, depois da água. O consumo mundial per capita de chá é estimado em cerca de 120 ml por dia, mas em algumas localidades pode chegar a até 5 litros por dia. A bebida origina-se da folha da planta Camellia sinensis e sua variedades.
O chá verde é produzido através de folhas frescas, e preserva todo o conteúdo de polifenóis (subprodutos do metabolismo das plantas, com ações defensivas, preventivas e antioxidantes) das mesmas. Ele é rico em catequinas, que são flavonóides (subgrupo dos polifenóis). São elas: epicatequina, epicatequina galato, epigalatocatequina, epigalocatequina-3-galato. Uma xícara de chá verde contém de 100 a 200 mg de catequinas.
Essas catequinas exercem várias funções protetoras no nosso organismo, como varrição dos radicais livres, redução da resposta inflamatória e do dano epitelial, redução da peroxodação lipídica, ação sinérgica com as vitaminas A e E, estímulo de enzimas antioxidantes. Além disso, já foi comprovada a ação do chá na prevenção e tratamento do câncer, através da redução na formação de carcinogênicos, do aumento da destoxificação dos carcinogênicos, redução de ligação do carcinogênico no DNA, proteção contra o dano oxidativo do DNA, melhora da sinalização entre as células, diminuição da metástase
Propriedades termogênicas foram identificadas no chá verde, com sua ingestão na forma de extrato. O mecanismo de ação se dá pela inibição de enzimas que degradam a epinefrina, ocasionando um efeito mais longo do sistema simpático na queima de gorduras. Efeitos semelhantes podem ser obtidos com a ingestão diária de 2 a 4 xícaras de chá verde.
Como efeito negativo de uma maior ingestão do chá verde devemos considerar a redução de até 70% da absorção do ferro dietético, quando ingerido junto a uma refeição. Quantidades maiores podem também levar à formação de oxalatos.
Para preparar o chá deve-se adicionar 1 colher de chá em 200 ml de água quente (não se deve colocar a erva na água para ferver, e sim acrescentar a água já quente na erva fora do fogo), abafar por 10 minutos, coar e consumir. Pode-se preparar uma maior quantidade a ser consumida durante o dia, mas a preparação não deve ser reaquecida.

Compartilhar: