A diarréia, que é um sintoma, e não uma doença, é a ocorrência de evacuações líquidas frequentes. A passagem do alimento através dos intestinos é anormalmente rápida e impede a digestão e absorção completas, não proprcionando tempo nem para a absorção da água. Por isso é necessária uma reposição de líquidos.
Segue abaixo uma orientação dietética generalizada:

ALIMENTOS A SEREM EVITADOS DURANTE O SINTOMA

– feijão;
– verduras cruas;
– mamão, pera, laranja, ameixa;
– leite, iogurte, queijos;
– mel;
– aveia;
– carne de porco, lingüça, salsicha;
– carnes gordas, banha;
– biscoitos amanteigados, doces folhados, chocolate;
– frituras, gratinados, preparações sauté, maionese;
– pratos prontos, industrializados;
– manteiga, margarina, creme de leite.

ALIMENTOS A SEREM INGERIDOS DURANTE O SINTOMA

– arroz;
– purês;
– carnes magras;
– legumes cozidos;
– ovo cozido;
– gelatina;
– banana maçã;
– maçã;
– chuchu, mandioquinha, batata, cenoura;
– abobrinha;
– chá de rabu ou araruta.

RECOMENDAÇÃO

– ingerir uma grande quantidade de líquidos (no mínimo 2 a 3 litros de água por dia).

Importante: Esta orientação é genérica, e portanto não substitui a consulta com um nutricionista.

Compartilhar: