Veja a seguir alguns exercícios fáceis de serem realizados, que vão aumentar sua motivação e dar mais sentido à mudança de comportamento:

1. Identifique e escreva:
Quais mudanças você quer fazer?
Quais as razões mais importantes para mudar?
Quais os passos mais importantes para realizar a mudança?
Como as outras pessoas podem te ajudar?

2. Coloque na balança as vantagens e as desvantagens da mudança no comportamento alimentar:
Vantagens Desvantagens
Exemplo: Melhorar a minha saúde física Exemplo: Não vou comer do tanto que gosto
LEMBRE-SE SEMPRE DAS VANTAGENS QUE VOCÊ TERÁ COM AS MUDANÇAS!

3. Identifique as barreiras e os facilitadores para as mudanças no comportamento alimentar.
Facilitadores Barreiras
Exemplo: Apoio dos meus familiares Exemplo: Não consigo me controlar quando vou numa festa
Agora que você identificou os obstáculos crie estratégias para superá-los. Potencialize os facilitadores e utilize-os no seu dia-a-dia.

4. Procure um ambiente calmo e tranqüilo. Sente-se ou deite-se em uma posição confortável. Procure relaxar. Você vai criar em sua mente a imagem de sua vida após realizar as mudanças no comportamento alimentar.
Visualize-se após realizar as mudanças que você deseja. Você já atingiu o seu objetivo. Imagine seu corpo, seus sentimentos, como ficam suas relações. Sinta a emoção de ter alcançado o seu ideal. Neste momento, você deve se sentir feliz e não se preocupar em como vai atingir o seu objetivo, muito menos nas dificuldades para alcançá-lo. Pense somente na sensação prazerosa e feliz em atingir sua meta.
Procure fazer este exercício todos os dias. No momento em que as dificuldades surgirem lembre-se no seu bem estar ao conquistar seu objetivo.
No princípio pode parecer difícil, mas com o tempo isto se tornará um processo natural.

Compartilhar: