As vitaminas são um grupo de compostos orgânicos necessários apenas em quantidades mínimas na dieta, mas essenciais para reações metabólicas específicas do interior das células e necessários para o crescimento normal e manutenção da saúde. Várias delas agem como coenzimas e como grupo de enzimas responsáveis pela promoção de reações químicas essenciais.

Vitamina A
Essencial para o crescimento normal, desenvolvimento e manutenção do tecido epitelial (pele); para a integridade da visão e para a saúde dos olhos. Atua no paladar, audição e apetite. É necessária para a síntese da testosterona. Auxilia o desenvolvimento ósseo normal e ajuda na formação dos dentes. Importante na reprodução, na função imunológica, na manutenção da integridade da mucosa intestinal, mas tóxica em grandes quantidades.
Fontes: fígado, rins, gordura do leite, margarina fortificada, gema do ovo, folhas verdes e amarelas, melão, pêssego.

Vitamina B1 ou tiamina
Necessária para o funcionamento normal do sistema nervoso hepático e cardíaco, para a respiração tecidual, para o metabolismo dos carboidratos, gorduras e proteínas, faz parte de algumas enzimas. É essencial para o crescimento, apetite normal, digestão e nervos saudáveis, para a formação dos glóbulos vermelhos e músculos. Auxilia na desintoxicação dos metais tóxicos mercúrio e chumbo, no tratamento do herpes e como repelente de insetos. Atua como antioxidante em indivíduos com alto consumo de álcool, fumantes e idosos.
Fontes: porco, fígado, vísceras, legumes, grãos integrais e cereais enriquecidos, germe de trigo, batatas.

Vitamina B2 ou riboflavina
Essencial para o crescimento e para a saúde dos olhos. Faz parte de algumas enzimas do organismo. Evita fissuras no canto da boca, ao redor dos olhos e do nariz, irritação dos olhos e fotofobia. Exerce papel essencial no metabolismo de carboidratos, lipídeos e proteínas, facilita o uso de oxigênio nos tecidos da pele, unhas e cabelo, tem qualidades antioxidantes, auxilia a absorção da vitamina B6, atua na integridade da mucosa oral, auxilia na fixação do folato e do ferro na hemácia (protegendo contra a anemia). Atua, junto com a vitamina A, na manutenção da integridade da mucosa intestinal.
Fontes: leite e derivados, carnes, vísceras, vegetais de folhas verdes, cereais enriquecidos, pães e ovos.

Niacina ou Vitamina B3 
Faz parte do sistema enzimático, evita lesões na pele e depressão nervosa. Está envolvida na liberação de energia por carboidratos, proteínas e gorduras, na produção de ácido clorídrico no estômago, na secreção normal da bile, na síntese dos hormônios sexuais, tem atividade hipocolesterolemiante, ajuda a manter a saúde da pele. Atua na recuperação da memória em pacientes com doenças mentais.
Fontes: peixe, fígado, carnes, aves, grãos, ovos, amendoim, leite, legumes.

Vitamina B6 ou piridoxina
Faz parte de algumas enzimas, previne anemia, problemas de pele, lesões na mucosa. Essencial para o crescimento normal participa de numerosas reações do metabolismo de carboidratos, proteínas e lipídeos, ajuda a manter a integridade funcional do cérebro, mantém a resposta imunológica e o metabolismo endócrino, importante na condução de impulsos nervosos, na formação do ácido clorídrico, na manutenção do equilíbrio de sódio e potássio, funciona como diurético natural, é útil no tratamento de alergias, evita e alivia náuseas, alivia a tensão pré-menstrual, inibe a catarata. Atua na modulação da homocisteína.
Fontes: porco, vísceras, carne vermelha, frango, peixe, farelo e germe de cereais, leite, gema de ovo, farinha de aveia, banana, levedo de cerveja, nozes, semente de girassol e legumes.

Ácido fólico
Faz parte de algumas enzimas e é essencial para a formação das células vermelhas e dos leucócitos na medula óssea e para a sua manutenção, para a divisão celular. Atua na modulação da homocisteína, reduz os riscos de deficiências no desenvolvimento fetal, como espina bífida ou anencefalia, ajuda a evitar os nascimentos precoces.
Fontes: vegetais de folhas verdes, vísceras, bife magro, trigo, ovos, peixes, feijão, lentilha, aspargos, brócolos.

Vitamina B12 ou cianocobalamina
Essencial para o funcionamento de todas as células, especialmente as do trato gastrintestinal e da medula óssea, é necessária para uma adequada digestão e absorção dos alimentos, é essencial no metabolismo de carboidratos, proteínas e lipídeos, para a condução nervosa. Previne anemias e está relacionada ao crescimento. Atua na modulação da homocisteína.
Fontes: fígado, rim, leite e derivados, carne, pescados, ostras, caranguejo e ovos.

Ácido pantotênico ou vitamina B5
Essencial para a digestão de carboidratos, gorduras e proteínas. É conhecida como vitamina antiestresse, tem papel importante na produção dos hormônios adrenais e na formação de anticorpos. Colabora na utilização das outras vitaminas e ajuda na conversão de gorduras, proteínas e carboidratos em energia. Está envolvida na produção de neurotransmissores e é necessária para o funcionamento normal do trato gastrintestinal.
Fontes: presente em todos os vegetais e animais. As melhores fontes são ovos, fígado, levedo de cerveja e salmão.

Biotina
Faz parte de algumas enzimas; é essencial para o metabolismo de proteínas e lipídeos, ajuda a manter a pele saudável, a combater dores musculares, dermatites e eczemas. Previne a calvície e o branqueamento dos cabelos, ajuda a combater a exaustão nos processos estressantes.
Fontes: fígado, cogumelos, amendoim, leite, carne, gema de ovo, vegetais, banana, laranja, tomate, melão e morango.

Colina
Precursora de produtos do metabolismo. Essencial para a formação das membranas celulares, para o metabolismo dos lipídeos, para a formação da acetilcolina (principal neurotransmissor do cérebro), para a eliminação da homocisteína (junto com outros componentes do complexo B), para um bom desenvolvimento do feto.
Fontes: ovo, carne vermelha, soja, couve, lentilha, amendoim.

Vitamina C
Essencial para o crescimento, antioxidante; desempenha papel na formação de dentes e ossos; promove a cicatrização dos ferimentos e fraturas; reduz a tendência a infecções; é antihistamínica; aumenta a absorção do ferro; essencial para a produção de colágeno, substância básica de alguns tecidos do corpo, relacionada com a produção de alguns hormônios; previne o escorbuto (doença caracterizada por fraqueza, perda do apetite e do crescimento, anemia, maior sensibilidade, inflamação das gengivas, perda dos dentes e até hemorragias); protege a função pulmonar.
Fontes: frutas cítricas, tomate, melão, pimentão verde, repolho cru, morango, abacaxi, goiaba, batata, couve de bruxelas, espinafre.

Vitamina D
Essencial para o crescimento e desenvolvimento normais; importante para a formação de ossos e dentes; influencia o aproveitamento do cálcio e do fósforo. Importante na imunidade, reprodução e secreção de insulina. Previne e cura o raquitismo e a osteomalácia (doenças caracterizadas pelo mau crescimento ou desenvolvimento dos ossos). Protege contra a fraqueza muscular, é necessária para um adequado funcionamento da tireóide e coagulação, participa da proliferação celular. É tóxica em grandes quantidades.
Fontes: luz solar, leite enriquecido, gordura do leite, fígado, gema de ovo, salmão, sardinha e atum.

Vitamina E
Potente antioxidante. Protege as células sangüíneas vermelhas, desempenha papel na reprodução; atua na manutenção do tecido epitelial. Relacionada também com a agregação plaquetária, promovendo mecanismos normais de coagulação e melhorando a circulação, previne catarata e cãibras, auxilia no tratamento da tensão pré-menstrual e na displasia mamária e ajuda a regular a pressão sangüínea.
Fontes: germe de trigo, óleos vegetais ricos em ácidos graxos poliinsaturados, sementes, oleaginosas (nozes, castanhas), vegetais de folhas verdes, frutas vermelhas, abacate, aspargos.

Vitamina K
Auxilia a produção de protrombina, um composto necessário para a coagulação sangüínea normal. Importante no metabolismo ósseo e na prevenção de fraturas. É tóxica em grandes quantidades.
Fontes: vegetais de folhas verdes, tomate, couve-flor, couve de bruxelas, grão de trigo, fígado, óleos vegetais.

Compartilhar: